Um mês morando em Semarang e eu continuo me surpreendendo com os costumes, as estranhices e com o jeito Indonesiano de ser todos os dias. Quando as coisas não parecem fazer muito sentido e você se pergunta “porsssquê gente?” a resposta que meus amigos sempre dão é simples: “Well, because this is Indonesia, baybe.”  :)

Roupas de inverno, no verão

Aqui na Indonésia quase ninguém usa shorts, bermudas, regatas e afins. Ver alguém de bikini/maiô/sunga na praia ou na piscina é raríssimo. Além disso, praticamente todas as mulheres usam camiseta de manga comprida TODOS os dias, fazendo 35 ou 40ºC. Daíiiii, quando precisam pegar a moto pra ir pra algum lugar, elas pegam tooodo o estoque de roupas de inverno que tem e vestem tudo junto de uma vez. Isso é, colocam casaco (por cima da manga comprida), LUVA de frio, lenço, óculos de sol e às vezes mais uma calça. No começo eu achei que era porque o trânsito daqui é meio caótico e seilá, o monte de roupas amorteceria a queda no caso de acidente. Ledo engano djoven padawan, o monte de roupas é pra proteger a pele do Sol, e assim evitar um indesejadobronzeamento natural.

40° C, luva e casaco, e eu semi-nua no espelhinho :)

SIGNIFICA: Enquanto você ai no Brasil fica hooooras embaixo do Sol pra tentar pegar uma corzinha, o pessoal daqui faz de tudo pra não se queimar de jeito nenhum. Na cabeça dos Indonesianos, quanto mais branco, mais bonito. E como nessa terra do Sol Fervente temos um calor diário e infinito, eles usam essa tecnique bizarra pra não bronzear, tooodo santo dia. É só sair na rua e você vai encontrar uma galere usando jaquetonas e casacos, enquanto o suor tá pingando do seu rosto. No começo eles ainda me perguntavam se eu não queria um casaco emprestado pra andar por ai, ou se eu ia mesmo sair com os braços de fora no Sol. Expliquei que eu acho legal ficar bronzeada (e que no Brasil e mundo afora tem gente que até paga por isso) e que eu jamais conseguiria usar um casaco enorme desses no calor que faz aqui. -fui julgada.

Wannabe Michael Jackson

E quando você achava que evitar o Sol já era demais, a galere mostra que o buraco é mais embaixo. Além de não querer se bronzear, o pessoal tenta também embranquecer usando uns cosméticos estranhos. Praticamente TODOS os cremes de rosto e de pele daqui tem um ativo branqueador na fórmula. Fui dar uma olhada em uns cremes no mercadinho e quem disse que dá pra achar um que não deixe sua pele mais branca?

Tabelinha de branqueamento em 16 dias.

Muitas pessoas normalmente só usam esses cremes nas partes ~visíveis~ do corpo, ou SEJE, mãos e rosto. Minha amiga polonesa me contou que uma das professoras da escola dela usa esse creme só na cara e um dia ela viu o pescoço da mulher: choque. A cor era totalmente diferente da cor do rosto. Estilo é isso, ou você tem ou não tem.

Quando eu fui no Carrefour, que é o maior supermercado da região, descobri uma estante cheeeeeia desses produtos. Inclusive todas as mulheres que trabalham na seção de produtos de beleza tem o rosto mais claro e embranquecido. Só esqueceram de contar pra elas que não fica nem um pouco legal e que dá pra perceber que não é natural. E como o povo usa o creme como se fosse base, muitas vezes esquece de passar perto da onde fica o cabelo e nos cantinhos do rosto. Sério, fica um negócio MUITO estranho.

Creme anti-idade, protetor solar, loção: Tudo com branqueador.

O negócio de querer ser branco aqui é tão grande que a maioria dos comerciais e propagandas usa como atores uma galerinha mais pálida que o normal. Eu estava na casa de um amigo meu esses dias e a TV estava ligada em um desses programas de reportagem sensacionalista. A apresentadora já tinha o rosto mais embranquecido e eles ainda focavam uma luz extra da câmera na cara dela, pra dar uma segunda clareada. Esse meu amigo inclusive me disse que para empregos como recepcionista ou atendente de banco, eles só selecionam meninas mais clarinhas.

Fantasmas

Todo mundo aqui acredita mesmo em fantasmas. E morre de medo. Quando você vai se apresentar pra galerinha teen-djoven é : “Oi, qual-seu-nome-você-acredita-em-fantasmas?”. Uma vez eu tava aqui na escola e a TV ligou do nada e eu só fui lá e desliguei. Comentei no dia seguinte com a professora que dá aula naquela sala e ela decidiu mudar a atividade pro playground ahahaha. Além disso, todo dia às 18h é a ~hora do fantasma~. O que significa que é a hora que os fantasmas decidem sair nãoseidaonde pra fazer seiláoque e ninguém pode abrir a porta de casa, se não eles entram (?). Às 18h05 tá limpo, pode ir colega. Minha amiga disse que nem todo mundo acredita nisso e essa é uma história normalmente contada pra assustar criancinhas, mas sai na rua e vê se tem alguma porta aberta às 18h ahaha

Em compensação e com toda aquela lógica indonesiana, o gênero de filme favorito e mais visto aqui é Terror. Vai entender.

O Casamento

Eu não tive a oportunidade de ir num casamento aqui, mas falam que a festa é boa. Normalmente a cerimônia segue os costumes e as tradições javanesas. Assim sendo, os noivos são obrigados a chamar TODO mundo que eles conhecem para a festa como regra de boa conduta, incluindo toda a parentada, vizinhos, galera do tramps, o vendedor de frango da esquina e também o manolinho do posto de gasolina. O que significa, boca-livre pra geralz :) Ouvi dizer que as festas -de gente rhyca neam- normalmente tem mais de 1000 convidados!

Eu sei que entre os costumes do casamento, os noivos tomam um “banho” (de roupa, claro) no meio da cerimônia e depois a noiva deve lavar os pés do noivo com uma água cheia de pétalas de rosas, mas não pesquisei as razões. Além disso eles trocam umas 5 vezes de roupa durante toda a cerimônia. É uma festa imensa e super organizada, as roupas são super lindas, cheias de detalhes e bem tradicionais. Agora o que eu realmente não entendo é PORQUEDIABOS esse penteado estranhíssimo da noiva minha gente? :( É muito feio :( É um aplique que elas colocam e TODAS usam do mesmo jeito.

Penteado estranho e sobrancelha esquisita. É a moda.

Vou de Moto

Aqui na Indonésia ninguém anda a pé pra lugar nenhum. Seja pela facilidade de dirigir a moto pra qualquer canto, pelo calor diário insuportável ou pela falta de calçadas, todo mundo aqui tem uma preguiça incrível de andar mesmo distâncias ridículas. Tem um mercadinho que fica à exatas duas quadras aqui da escola. Um dia eu estava indo comprar Shampoo e uma das professoras falou pra eu esperar que ela me levava de moto. Falei que eram só duas quadras, não ia demorar 10 minutos pra ir e pra voltar e ela me olhou com cara de “Você quem sabe, depois se ficar cansada não diz que eu não tentei ajudar”. Quando viajamos pra Karimunjawa e entramos no mangue-cilada, o guia que não falava muito inglês do lugar disse que teríamos que andar 2km pra chegarmos no nada no ponto interessante do mangue. PENSE na cara de sofrimento que Mister John fez na hora ahahaha E ele ainda perguntou 3 vezes se a gente tinha certeza que queria ir.

Ontem mesmo eu estava com meu amigo e queríamos ir aos correios. Perguntamos qual era o mais perto pra um segurança, que apontou a direção e disse que deveríamos pegar um angkot (mini-van) pra chegar lá. Perguntei se dava pra ir a pé e ele mandou um “NOSSA, JAMAIS, NÃODÁ”. Como a gente não confia mais nessa galera trollona, fomos a pé. Juro que chegamos em menos de 10 minutos.

A Mão Esquerda

Aqui na Indonésia as pessoas cumprimentam as outras sempre com a mão direita. Quando você vai entregar alguma coisa pra alguém, também tem que ser com a mão direita. Todos os dias aqui na escola eu vejo as professoras devolvendo coisas pras criancinhas que usaram a mão esquerda, e fazendo-as entregar de novo com a direita. Conversando com as professoras, elas me disseram que segundo o Islã, a mão esquerda só deve tocar coisas sujas e impuras, e então essa é a mão que eles usam para a higiene pessoal. Ser canhoto aqui é considerado falta de educação e eles inclusive não deixam as crianças começarem a se acostumar a escrever/cortar/pegar as coisas com a mão esquerda. Já que eles não usam papel higiênico no banheiro, adivinha quem recebeu essa função ingrata? Isso mesmo, a mão esquerda.

No momento que descobri tudo isso já fiquei com a patinha atrás, reparando mais na limpeza dessa mão nas pessoas. Mas até aí tudo bem, pensei inocentemente. Até porque é um costume normal todo mundo lavar as mãos antes de comer e depois de usar o banheiro, e eles tem aquela água estancada na bacia justamente pra isso.

Entretanto, com o tempo, meu olhar sagaz passou a notar que aquela unha do dedão estranha que eu comentei aparecia coincidentemente nos dedões esquerdos das pessoas. Juntem um mais um e vocês chegarão à conclusão que eu cheguei, confirmada pelo meu amigo Indonesiano.
Sem mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s