Virginia Beach foi aquele tipo de viagem que tinha tudo para ser uma cilada, mas foi incrível! Daquele tipo em que você tem um ideia, suas amigas não podem ir com você, você se desespera, chama todo mundo que você conhece pra ir junto (e quem você não conhece também), define tudo em uma semana e no final dá tudo certo :)

Uma das minhas bandas favoritas é o Bowling for Soup. Navegando como quem não quer nada pelo site deles eu vi que eles iam fazer um show em Virginia Beach. De GRAÇA. A lógica da vida me diz que, se eu moro no estado da Virginia, Virginia Beach vai ser logo ali, tamo junto. Logo ali significavam 3h30. O show era num domingo, então pensei em alugar um carro, ir pra praia no sábado de manhã e voltar no domingo à noite. As minhas amigas não podiam ir comigo e o desespero era tanto que eu estava quase alugando um carro sozinha (o que seria ABSURDAMENTE caro, porque nos Estados Unidos você tem que pagar uma taxa extra quando é menor de 25 anos). Comecei a chamar todo mundo que eu conhecia para ir comigo e incrivelmente 4 outras au pairs toparam! 3 Brasileiras, 1 Colombiana, 1 Mexicana, protetor solar e biquini, e bora para a praia.

Virginia Beach logo ali, só que não. Google Maps

Alugamos o carro na Budget com um cupom de desconto do RetailMeNot, de sexta feira até segunda por U$66. Até o cara da loja comentou que estávamos pagando muito barato e conferiu a reserva várias vezes.. Ficamos hospedadas no Econo Lodge, que não ficava exatamente em Virginia Beach, mas sim em Norfolk, 24 minutos da praia, segundo o Google. Mas a diária dele era U$79 para nós cinco e o hotel da mesma rede de frente pro mar custava U$200 ahahaha A vida e a minha conta no banco sempre me ensinaram que sacrifícios são necessários e 24 minutos é pertinho, tranquilo, pode ser :)

Virginia Beach ficava à 3h30 de Fairfax né? Demoramos 6 horas pra chegar em Norfolk AHAHAHA. Galere toda descendo pro Boqueirão, pra curtir o sol e os 40°C do verão da Virginia.

Quedê água de coco?
Uma noite no Hotel, cinco meninas. Me-do.

O hotel não era aqueeeeeela coisa, mas era suficiente para uma noite. Fomos pra praia, que também não é aqueeeela coisa e de noite ficamos andando pela orla, procurando algum lugar para comer e depois um barzinho. Achamos esse pub chamado Luna Sea que pela entrada não parece lá aqueeeela coisa (ahaha e nem pelo site) mas era de graça, então não custa dar uma olhadinha né? O pub era incrível e imenso e está entre os meus favoritos dos Estados Unidos! São 3 andares com mesas de bar, pista de dança, ambiente tocando rock e no fundo, ao ar livre, eles tem uma quadra de areia onde dá pra jogar Baggo, que é um jogo que eu não faço ideia de como explicar, então foto, pls ahahaha

Veja a felicidade dos jogadores :) Daqui

O único problema é que, como em quase todos os lugares não tão badalados como New York e Vegas, os bares e baladas fecham lá pela 1h30 da manhã. Conhecemos uma galera nesse bar e fomos fechar a noite jogando Beer Pong que é divertidíssimo e super americano :)

IHOP pro café da manhã super americano do dia seguinte.

Domingo, dia de show, eu tava numa pilha só. O show era parte de um evento chamado Beach Blast at Dam Neck Beach, e essa praia nada mais é que uma praia militar privativa. Aqui nos Estados Unidos eles dão bastante valor para quem é militar e quem trabalha com isso tem diversas vantagens, inclusive uma praia privativa :) ahahaha O show só ia começar as 7h30 da noite, mas haviam diversas atividades rolando durante o dia.. Inclusive Paddling. Estamos na chuva, logo vamos tentar né? O objetivo todo é ficar em cima de uma prancha e então remar. A teoria é linda e simples, mas não djovens. É impossível, sério. Se já é difícil levantar na prancha, que dirá segurando um remo e em tese, remando. Se eu fiquei mais de 2 segundos em cima da prancha foi muito. Tomei todos os caldos possíveis e o instrutor desistiu da turma e ficou tentando só me ajudar (o que foi ainda pior, porque nem assim eu consegui..) ahahaha

Na foto, todos de pé nas suas pranchas e uma pessoa ainda tentando remar. Guess who?

O palco onde o Bowling ia tocar era bem pequeno e as 6h eu já decidi ir e ficar lá na frente. As meninas queriam ir pro carro antes, para trocar de roupa e dar aquele jeito no cabelo pós-mar. A lhynda aqui decidiu que ficar com o bikini molhado durante todo o show não era um má ideia e era melhor ir guardando o lugar na grade. Outra banda começou a tocar e quando eu olho de relance pro bar eu vejo quem? OS CARAS DO BOWLING ANDANDO LINDOS E GORDINHOS PRA PEGAR BREJA. Surtei. Sai correndo descabelada, me joguei em cima deles, gaguejei toda no inglês ahaha, lancei minha máquina pra um cara que tava passando tirar foto.. enfim, joguei toda aquela sedução brasileira e os amei muito!

<3 Mucho amor!

Depois disso veio um show MARAVILHOSO. Ou seja, sua banda favorita faz um show numa praia privativa, você encontra com eles, conversa, tira foto, fica na grade durante o show e ainda pega duas palhetas no final. Tem como ficar mais feliz?

AH, e de graça :)

Dedos gordinhos ahahaha
Bowwwling!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s